Mesopotâmia

A palavra Mesopotâmia é de origem grega e significa “entre rios” (meso – pótamos). Trata-se de um planalto de origem vulcânica localizado no Oriente Médio, delimitado entre os vales dos rios Tigre e Eufrates, ocupado pelo atual território do Iraque e terras próximas. Inserida na área do Crescente Fértil, exatamente por ela ter o formato de uma Lua crescente e de ter um solo fértil. Os rios desembocam no Golfo Pérsico e a região toda é rodeada por desertos.

Vários povos antigos habitaram essa região entre os séculos V e I a.C. Entre estes povos, destacam-se: babilônicos, assírios e sumérios. A maior parte das terras vizinhas era muito árida para qualquer cultivo isso fazia com que os povos viventes em tais áreas buscassem regiões férteis, próximas a rios, para desenvolverem suas comunidades.

Com isso, as terras da mesopotâmia, mostravam-se uma excelente opção, pois garantia água para o consumo, rios para pescar e via de transporte pelos rios, também haviam as cheias dos rios que  fertilizavam as margens, sendo assim um ótimo local para a agricultura.

Eram povos politeístas (acreditavam em vários deuses). Sua política baseava-se na centralização do poder, onde apenas uma pessoa (imperador ou rei) comandava tudo. A economia destes povos era atribuída na agricultura e no comércio nômade de caravanas.

Povos destacados

Sumérios

Este povo destacou-se na construção de um complexo sistema de controle da água dos rios. Construíram canais de irrigação, barragens e diques. A armazenagem da água era fundamental para a sobrevivência das comunidades.

Uma grande contribuição dos sumérios foi o desenvolvimento da escrita cuneiforme, por volta de 4000 a.C. Usavam placas de barro, onde cunhavam esta escrita. Muito do que sabemos hoje sobre este período da história, devemos as placas de argila com registros cotidianos, administrativos, econômicos e políticos da época.

Os sumérios desenvolveram os zigurates, construções com formato de pirâmides que serviam como locais de armazenagem de produtos agrícolas e também como templos religiosos. Construíram várias cidades importantes como, por exemplo: Ur, Nipur, Lagash e Eridu.

Babilônios

Foram responsáveis por um dos primeiros códigos de leis que temos conhecimento. Baseando-se nas Leis de Talião (“olho por olho, dente por dente”), o imperador e legislador Hamurabi desenvolveu um conjunto de leis para poder organizar e controlar a sociedade. De acordo com o Código de Hamurabi, todo criminoso deveria ser punido de uma forma proporcional ao delito cometido.

Os babilônios também desenvolveram um rico e preciso calendário, cujo objetivo principal era conhecer mais sobre as cheias do rio Eufrates e também obter melhores condições para o desenvolvimento da agricultura. Excelentes observadores dos astros e com grande conhecimento de astronomia, desenvolveram um preciso relógio de sol.

Assírios

Este povo destacou-se pela organização e desenvolvimento de uma cultura militar. Encaravam a guerra como uma das principais formas de conquistar poder e desenvolver a sociedade. Eram extremamente cruéis com os povos inimigos que conquistavam. Impunham aos vencidos, castigos e crueldades como uma forma de manter respeito e espalhar o medo entre os outros povos. Com estas atitudes, tiveram que enfrentar uma série de revoltas populares nas regiões que conquistavam.

  1. Registrei esse texto sobre Mesopotamia em História e Geografia.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: