Gramática – Uma questão de ponto de vista

“Eles rolô no chão”, certamente um gramático assíduo e convicto do modelo normativo e padronizado da gramática rogaria pragas a esta afirmação, ou quem sabe lançaria um livro cheio de predicados, sujeitos e acentos no rosto do individuo que a pronunciou.

No entanto para nós amantes da língua brasileira, é facilmente compreendido o enunciado em questão, o que não seria possível se o posicionamento das palavras estivessem invertidos formando algo, por exemplo, parecido com isto: “no rolô chão eles”.

Dessa forma, notamos que embora não tenha sido utilizado um modelo “exemplar” da língua pelo falante, existe entendimento entre este ultimo e seus ouvintes pertencentes a nações com dialetos familiares aos seus. Destacamos assim dois modelos de gramática, um dos quais damos o nome de gramática normativa, que se adéqua ao modelo padrão da língua, muito utilizado pelos romancistas e poetas, e ao outro, chamamos de gramática internalizada. Esta ultima é aquela que não exige o modelo culto, convencional e cheios de regras que confundem a todos, desde que exista uma clara comunicação entre os falantes.

Enfim, gramática é um termo democrático do qual existem muitas formas de ser utilizado. Gramática é uma questão de ponto de vista.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: