Tudo começou com uma grande explosão?

Os seres humanos podem ser classificados como no mínimo, mamíferos curiosos!
Essa curiosidade levou a maioria de nós a se perguntar: qual seria nossa origem?

De acordo a ciência, vários aspectos e processos se deveram a este fim. E tudo começa em uma grande explosão.
Para os estudiosos do ramo, o universo estava reduzido a uma minúscula partícula com uma potencial concentração de energia. Em um dado momento, mais precisamente para eles, cerca de 13,7 bilhões de anos atrás, houve o rompimento dessa partícula, provocando a liberação dessa energia em diversas maneiras, uma delas, uma explosão cósmica que gerou o universo.
Atualmente esta é a teoria mais aceita pelos cientistas, embora muitas outras, que revelem características e aspectos diferentes existam, sendo tão importantes quanto.

A vida na Terra teria surgido na sua forma mais primitiva, 3,5 bilhões de anos atrás, cerca de 1 bilhão de anos após sua formação, e sofrido juntamente com o planeta e todo o universo uma espécie de processo evolutivo, ininterrupto e crescente na visão cientifica.
Podemos a partir dessa ultima informação, lembrar dos postulados de Charles Darwin.

Vale ressaltar que neste artigo, embora se enfoque principalmente na formação do universo pela teoria do “big bang”, esta não é uma afirmação imutável e muito menos uma verdade absoluta.
Seria um grande equivoco para toda e qualquer teoria a alegação de veracidade inquestionável, desprezando assim a opinião de diversos outros, sem falar de que seria até mesmo uma agressão a própria escala da “evolução”.

Porque não poderia o universo ter sempre existido? Afinal ainda desconhecemos os conceitos do tempo e sua função no universo. Os seres humanos são incapazes de reconhecer a possível existência de algo sem começo ou eterno, ele limita-se a idéia de que tudo precisa haver um início e um fim.

Enquanto vivermos em paradoxos que nos impedem de nos alto criticarmos e nos prendermos a visões pré-determinadas por pessoas que auto intitulam-se ou são intituladas intelectuais, viveremos na mesmice, fadados a seguir os preceitos de alguém a qual nem mesmo reconhecemos os interesses, tudo que é escrito em histórias ou teorias possuem traços do aspecto pessoal de seu criador, que logicamente irá atender a visão DELE das coisas.

Esperando que os leitores sintam o prazer de mergulhar no mundo das idéias e das possibilidades, desvirtuando-se assim dos “fatos” e das visões alheias, deixo para vocês a pergunta:

O universo começou com uma grande explosão?

  1. “Para os estudiosos do ramo, o universo estava reduzido a uma minúscula partícula com uma potencial concentração de energia.”

    Ok, e quem ou o que criou esta minúscula partícula? Ainda defendo que o universo não teve um começo e não terá um fim. O que me dá base suficiente para acreditar nisto são as leis naturais e perfeitas que regem todo o universo, seja na sua mecânica ou até mesmo na imortalidade da alma. O ser humano terrestre ainda está limitado, dentro da sua insignificância, a crer naquilo que está além do que pode ver.

    Enfim, ótimo texto man!

    • Infelizmente, como você disse os seres humanos se limitam a acreditar de que todas as coisas precisam ter um começo e o fim. Para nós nada pode ter sempre existido. Porém, todos os cientistas precisam reconhecer de que em algum momento, a vida surgiu do nada, e apesar de várias teorias existirem para explicar a origem do homem, ela de certa maneira, ainda permanece um mistério…

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: